Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio Portal A&L

Área dos AUTORES

Páginas pessoais

Oportunidades
Entrevistas

Serviços

Anúncios

Experiências

Downloads

Orientações
Autores & Leitores  >  Autores >  Entrevistas

Entrevista com MARIA JOSÉ FRAQUEZA

Foto de Maria José Fraqueza

É de Lisboa, Portugal, que a poesia nos dá vivas. Maria José Fraqueza, a poetisa das flores, faz jus aos adjetivos mais honrosos que a literatura possa ofertar. Em entrevista a Alexandre (Xande) Rego, jornalista e colaborador de  Autores & Leitores, Marizé, como a autora é carinhosamente conhecida em nosso portal, ensina, como professora que é, as nuances e detalhes de como escrever com o coração e com incrível maestria.

Autores & Leitores: Marizé, diga-nos quem é Maria José Fraqueza?

Marizé: “Maria José Fraqueza, professora aposentada, é uma poetisa, escritora e jornalista residente em Portugal, na província ao Sul - o Algarve.
Nasceu na Fuseta - vila piscatória e vive nela, embora tenha morado noutras cidades do seu país. Estudou na cidade de Faro. Leccionou em diversas escolas secundárias: Almada, Estremoz, Vila Real de Santo António, Faro, Olhão e Fuseta (sua terra natal)
.

A&L: E a poesia, quando tudo começou?

Marizé: “Despertei para a literatura ainda criança. Com seis anos de idade fiz uma trova que está inserida no meu livro - Maré de Trovas, e apenas com onze anos de idade, escrevi os meus primeiros versos, incentivada pela minha professora de instrução primária, que achava que eu escrevia bem e declamava os poemas  com muita graça.  Estes versos constam do meu primeiro livro de poesia  - Histórias da minha Terra.
Os meus autores preferidos: Luís de Camões, Bocage, Florbela Espanca, Olavo Bilac, António Aleixo, Fernando Pessoa, Miguel Torga.

A&L: Como você vê a literatura na Internet?

Marizé: “Vejo que através da Internet poderei relacionar com outros irmãos da poesia e tornar conhecido o meu trabalho e saber os comentários em relação ao que faço. Para além de cultivar a amizade entre outros povos. Portanto, creio ser satisfatório o retorno da mensagem.

A&L: E seus projetos pessoais com relação à literatura?

Marizé: “Há anos que divulgo poesia na Rádio e promovo encontros de poesia e recitais, teatro e outras actividades. Tenho um programa - A Poesia em Movimento - Onda Poética - em que pretendo continuar divulgando obras e autores, incentivando a leitura dos poemas. Pretendo continuar  organizando  concursos literários que faço há alguns anos, nomeadamente: Jogos Florais Internacionais de Nossa Senhora do Carmo, com 37 anos de existência, sendo o mais antigo concurso do género, em rotatividade permanente que se realiza em Portugal e o Concurso Internacional de Quadras Natalinas com 11 anos de existência.

A&L: Quais espaços virtuais você escreve?

Marizé: “Não tenho preferências. Envio poemas e textos para alguns sites de amigos: Espelho Poético, Recanto de Letras, Sala de Poetas.

A&L: Você desenvolve alguma atividade relacionada à literatura além dos espaços em que escreve?

Marizé: “Escrevo para o jornal regional Correio Meridional,  onde sou sub-diretora e colaboro em alguns jornais regionais do meu país.  A razão é porque gosto de escrever.

A&L: Você acha válida a realização de concursos e congêneres entre novos escritores?

Marizé: “Acho válida a realização de concursos pois através destes  é possível ter conhecimento dos valores que despontam. O mercado editorial não é fácil, normalmente esquecem os valores que despontam e continuam a tocar na mesma tecla com os autores sobejamente conhecidos, sem que se dê a devida atenção aos novos. Por outro lado, quer seja poesia ou mesmo prosa, são poucos os leitores porque se prendem aos programas de televisão, cortando os momentos de leitura e de convívio.

A&L: E o portal  Autores & Leitores, como você tomou conhecimento?

Marizé: “Tomei conhecimento através duma amiga trovadora brasileira Profª Alda Moreira.
Acho que este portal tem grande importância, permitindo dar a conhecer os autores e criando espaços à leitura, tão necessária para o fortalecimento da literatura e criar novos amigos.

A&L: O que você pode sugerir para àqueles que estão se iniciando na literatura?

Marizé: “Que não desistam de escrever e vão em frente mesmo que o caminho a percorrer seja cercado de espinhos, fazendo dele uma maré de rosas. Pelo sonho é que vamos como dizia o poeta Fernando Pessoa. Que cultivem a arte de escrever e nunca desistam!

A&L: Quais são suas expectativas em relação ao novo espaço literário  Autores & Leitores?

Marizé: “Espero o fortalecimento de novas amizades e o incentivo que me leve a prosseguir nesta caminhada que nunca é fácil para os ilustres desconhecidos no mundo da literatura.”





ENVIE esta página para um(a) amigo(a).



VISITE a Página Pessoal de Marizé.



Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2007
  • Todos os direitos reservados.