Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio KD Inovações Tecnológicas

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Galeria de Autores & Leitores

Caro leitor,

Este é um trabalho já aprovado pelo público!

Sinta-se à vontade para, depois de lê-lo, deixar seus comentários.

Bons Textos!

> Ler outro poema <   < Ler contos > < Ler crônicas >


< Ler outro trabalho de Marcelo Torca >


< Visite a Página Pessoal de Marcelo Torca >


Ao Amanhecer



					    
Este dia amanheceu Formoso e glorioso Dia que faleceu A esperança mantinha o gozo Vitoriosa Da luta vindoura e majestosa Quem pudera lutar ao lado Dos grandes heróis fictícios É fato o fardo Do fracasso não antes almejado Desejado Pelos malfadados Déspotas Neste amanhecer cinzento Com tanto vento Ouvi alguém dizendo Crendo Na volta e na revolta Perdem-se as datas do tempo Devendo E vendo Injustiças aguçadas Disparadas Pela arma da inveja Almeja Cruel e nefasta Vida devastada Arrastada Quando entardecer Depois deste amanhecer.
Copyright Marcelo Torca © 2006
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 1270 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para Marcelo Torca.

Comentários dos leitores

Gostei muito do seu poema. Apresenta um ritmo musical agradável. Bem descrito.

Postado por Marizé em 11-09-2008

Muito bonito e inteligente. Prende a atenção da gente. Gostei tanto que rimei.

Postado por Annacelia em 01-09-2008

Gostei demais, principalmente do efeito vocal que ele proporcionou. Parabéns!

Postado por Nalva em 09-08-2007

ESTOU QUASE DESMAIANDO DE EMOÇÃO AO LER SEUS TRABALHOS!

Postado por Edemilson Reis em 18-02-2007

Amei!!! Continue...

Postado por Ana_Eira em 01-12-2006

gostei muito do seu trabalho o titulo ficou muito bom.

Postado por lobo em 05-11-2006

O poema começa duma maneira intensa que nos dá força e termina duma forma suave que nos agrada.

Postado por Niafna em 18-10-2006

A visão é profunda, mas eu investiria mais na sonoridade.

Postado por Paulo em 27-09-2006

cuidado com as palavras "difíceis"! você escreve muito bem e se expressa maravilhosamente, mas procure falar mais de perto aos corações simples, usando uma linguagem mais acessível.

Postado por Clau em 14-09-2006

Nada como um dia após o outro. Uns com sol e outros nem tanto! Parabéns, Marcelo Torca!

Postado por Silvino em 05-09-2006

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.


> Ler outro poema <   < Ler contos > < Ler crônicas >


< Ler outro trabalho de Marcelo Torca >

Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.