Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio BAC

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Galeria de Autores & Leitores

Caro leitor,

Este é um trabalho já aprovado pelo público!

Sinta-se à vontade para, depois de lê-lo, deixar seus comentários.

Bons Textos!

> Ler outro poema <   < Ler contos > < Ler crônicas >


< Ler outro trabalho de Marcelo Torca >


< Visite a Página Pessoal de Marcelo Torca >


A Luz



					    
Quando a luz Iluminou a noite Viu-se florescer A mudança No comportamento Individual Coletivo A luz influenciou Mas, só ilumina As pessoas que querem Ser menos medíocres E mais sensíveis Essa luz nunca se apaga Para aqueles que a mantém Para os outros resta apenas O escuro Luz Ao amanhecer no campo Ao amanhecer na roça Ao amanhecer da consciência É o clarão Que ilumina os nossos Caminhos
Copyright Marcelo Torca © 2006
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 1261 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para Marcelo Torca.

Comentários dos leitores

Bem inspirado o tema da luz... Vivemos a perseguí-la, ainda que nos cegue. Que a Luz seja bem vinda!

Postado por Marcus em 17-03-2011

Um poema também iluminado em versejar de beleza! Parabéns

Postado por Essência de Tempestade em 18-11-2008

Parabéns Marcelo! Música e poesia moram na mesma alma. Nem todos têm esse privilégio. Melhor: dom.

Postado por Ana Benevides em 02-07-2007

É verdade, a luz existe para todos, mas apenas alguns lhe sabe conservar o brilho Gostei!

Postado por lucibei em 14-06-2007

QUE DEUS TE ILUMINE POETA

Postado por Edemilson Reis em 18-02-2007

sua sensibilidade é imensa, lindissimo poema, parabéns abraços Eda Silva

Postado por eda silva em 20-10-2006

Ao ler este poema só me lembro que não devo perder a esperança. É um texto interessante e que mostra muito sensibilidade.

Postado por Niafna em 18-10-2006

É profundoe simples ao mesmo tempo!

Postado por Paulo em 27-09-2006

Lindo!!! Sem palavras... Lirico demais!!!

Postado por santal em 12-09-2006

É isso aí, Marcelo! Muita luz para você!

Postado por Silvino em 05-09-2006

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.


> Ler outro poema <   < Ler contos > < Ler crônicas >


< Ler outro trabalho de Marcelo Torca >

Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.