Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio BAC

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Galeria de Autores & Leitores

Caro leitor,

Este é um trabalho já aprovado pelo público!

Sinta-se à vontade para, depois de lê-lo, deixar seus comentários.

Bons Textos!

> Ler outro poema <   < Ler contos > < Ler crônicas >

PAI, ANJO, AMIGO (ao meu Pai Arnaldo Laurino em memória)

por nancilaurino


					    
PAI, ANJO, AMIGO Quero dizer da minha saudade. Quero dizer que a vida sem você, ficou diferente. Quantas vezes senti falta do seu ombro amigo! Quantas vezes até, inconscientemente,´ pensei em ir lá na sua casa para conversarmos. Você que sempre me aconselhou. Amigo querido, mais que Pai, sempre tinha palavras ponderadas. E nos meus dias de aflições, lembrava-me delas, Seguia confiante!! Pai querido que sempre dizia: "Erga a cabeça e siga em frente" Com você eu sabia que o mundo era melhor. Meu porto seguro, Meu presente da vida, que Deus levou, E não deixou nem mesmo despedir-me de você. Agora sinto sua falta imensa. Anos passam...perdi meu amigo! Perdi meu Pai querido. Sei que uma pessoa linda, iluminada como sempre foi aqui na Terra, com certeza, estará fazendo felizes a outras pessoas na sua nova morada. Saiba Pai: Quero encontrar-me com você novamente Receba-me quando eu partir deste mundo. Eu o amo, Pai Querido! Agradeço ombro amigo! Saudade Eterna! (Nanci Laurino)
Copyright nancilaurino © 2008
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 837 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para nancilaurino.

Comentários dos leitores

Uma dedicatória que toca a alma e enche nossos corações de sentimentos, de saudades, de expressões de carinho para um ente tão querido que se foi em vida mas está guardado e selado no coração! Parabéns...

Postado por Essência de Tempestade em 18-11-2008

Bela dedicatória a teu pai, minha poetisa do coração. Beijinhos Jorge Humberto

Postado por JORGEHUMBERTO em 09-06-2008

Esta poesia dá para virar música, está no jeito.

Postado por Marcelo Torca em 01-06-2008

Linda declaração, Nanci. A saudade alimenta a alma, amiga.

Postado por ed bass em 01-06-2008

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.


> Ler outro poema <   < Ler contos > < Ler crônicas >

Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.