Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio KD Inovações Tecnológicas

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


DE ONDE MENOS O MUNDO ESPERA...SAI COISA BOA!



					    
RUBEMAR ALVES Duas estórias que a Divina Providência abençoou. No Norte de Minas Gerais, em Porteirinha, o ex-vendedor de bananas e filho de carroceiro, ex-encarregado do serviço de limpeza da prefeitura, 34 anos, olhos verdes de esperança, candidatou-se a prefeito, disputando o cargo com o milionário pecuarista e empresário (patrimônio declarado de 24,7 milhões) que ‘sonhava’ se reeleger. Prometeu que, vencendo - e como venceu!!! - iria à posse de carroça, ao lado de seu orgulhoso pai. Pois é. Com um patrimoniozinho declarado de 13,5 mil reais (moto Titan e carro Parati 1982), caiu nas graças do povo e......... Amigos das cidades vizinhas compraram carroças para um cortejo no dia da posse do Técnico de Contabilidade. Primeira vez na história que, sem mágica alguma, “a piaba engoliu o tubarão”. Boa sorte! O faxineiro, sempre morador da zona norte do Rio, tomou a vassoura como estandarte e, ao final do desfile oficial das escolas de samba, começou a sambar em pleno carnaval do Rio. Foi por acaso. O povo aplaudiu e ali começava a sua arte. Cursando agora Turismo (quinto período na ocasião da reportagem-fonte), ele vê o futuro com outros olhos. Com sua ‘madrinha’ vassoura, já viajou por seis países onde representou o Brasil em diversos eventos. E agora também estuda inglês. O único de dez irmãos a cursar uma faculdade, família onde quem avançou mais nos estudos, só atingiu o 8º ano do curso fundamental. Esse irá longe na vida... Na certeza, sem trocadilho. Boa sorte! Quantos meninos, talvez pequenos lavradores ou engraxates ou jornaleirinhos ou empacotadores-entregadores de minimercadinhos nas cidades do interior do país, olhinhos brilhando, desejam o diploma de doutor! Possível, sim. Boa sorte! ---------------------------------------------------------------------------- FONTES: Tostão contra milhão: A vitória do filho do carroceiro sobre o milionário - Jornal O Globo, Rio, 25/11/12. Bom humor e simpatia na faculdade - Jornal O Globo, Rio, 1/12/12. F I M
Copyright ATHINGANOI © 2013
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 338 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Torço pelo progresso das pessoas de classes menos favorecidas. Vantagem nenhuma já nascer em berço de ouro. Meninos crescem e se tornam homens grandes e grandes homens. Parabéns!

Postado por lucia maria em 03-05-2013

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.