Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio KD Inovações Tecnológicas

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


CHEIRO DE BOLO



					    
ELA diz que sou metido a falar difícil e exibir cultura acima da que verdadeiramente possuo - ué, aprendi com ELA... que mistura romances clássicos, deuses gregos, países africanos antes e após a II GM......... deixa o ouvinte doidinho. Assumo cultura diversificada, sim, porém ainda muito menos do que EU gostaria de ter, e ‘coleciono’ mil interesses. Algo estranho no ar. Se EU perguntar diretamente, me enrola com inteligência e muita esperteza de raposa. Bolo de quê? Comecei o que minha mulher chama de “discureba do discurseirinho”. “Você sabia (ELA odeia quando pergunto isto)? O olfato é o sentido com que diferenciamos os odores. Ele depende de receptores protéicos que respondem à presença de compostos químicos dissolvidos no ar. Nos seres humanos, os receptores ficam em células especiais do epitélio olfativo, uma região diferenciada da pele que reveste a parte superior da cavidade nasal, com o tamanho aproximado de um selo, próximo à altura dos olhos. O ar carregado de odores passa pelo epitélio olfativo quando entra ou sai dos pulmões na respiração normal. Ao mastigarmos, o ar é jogado para a parte de trás da cavidade bucal e se mistura com o ar que é expirado. Assim, o cheiro da comida é percebido mesmo quando mastigamos de boca fechada.” (Dois mini recortes de 6x5 e 5x4, guardei, decorei – e aprendi melhor – de uma aula em publicação infanto-juvenil.) ELA foi direta: “O que você quer perguntar?” E fez uma reverência debochada: “Sou a serviçal mais humilde de meu amo e senhor!” Desisti. Aleguei estar treinando decorar texto para a função de ator televisivo. “Ah, se EU consistir que depois beije o mulherio todo nas filmagens...” Domingo. Desenho animado na tevê. “Tempos bastante idos – locutor explicou pausado -, criação em 1930, inicialmente PEPE, gambá apaixonado, Oscar de curta de animação em 1949, personagem de origem francesa que, na loja de perfumes, se apaixona à primeira vista pela gata PENÉLOPE, que tem uma lista branca pintada nas costas por acidente. A idéia de gambá rendeu filmes atuais. Na atualidade, os sinceros CRASH e EDDIE, irmãos adotivos do mamute ELLIE.” Ajeitou-se inclinada sobre mim e o cheiro de bolo vinha do corpo dela, todinho. “A ERA DO GELO. Vou chorar... Vá buscar para mim lencinhos de papel.” Obedece quem é bom marido, quem não quer ser castigado e passar a noite no sofá. No armário do banheiro, 7 mini frascos de óleo de amêndoas com outro ingrediente: avelã, jasmim, baunilha.................. Triste descoberta! Mais tarde, na hora do lanche, pizza ‘italiana’ - “Per Baco!” – exclamei. (“Ora, não podia ser lanche de outro país?” – pensei...) F I M
Copyright ATHINGANOI © 2014
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 197 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Nunca ouvi falar de cheiro à distância, mas estou usando óleo de amêndoas com... amêndoa... e fiz bolo de chocolate com... baunilha, pode? (Nem Freud nos explicaria.) Parabéns!

Postado por lucia maria em 30-11-2014

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.