Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio BAC

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


BANANAS...................



					    
Cheguei da faculdade noturna e minha mulher me recebeu com um copo de leite gelado, percebi o sabor de banana. Ligeira atividade ao computador e deitei. Dormi de imediato. Poucos minutos após meia-noite, acordei com tremenda gritaria perto da minha janela. “Traduzi”, pelas vozes um tanto pastosas, discussão entre dois bêbados – um exaltado aos gritos, o outro mais calado, talvez sem argumentos válidos: “Você é mesmo um banana! Otário, lerdo, tolo, permissível. Sempre foi. Desde garoto na bola de gude... Tua mulher inventou agora um curso de javanês (japonês ou EU escutei errado, porque ultimamente andei lendo LIMA BARRETO?), chega a uma da madrugada num carro amarelo.........” “Minha cor predileta!” “.........e diz que a aula demorou... E agora abriram dois motéis na estrada aqui perto, o Banana d’Água e o Banana-Nanica, onde carro dessa cor tem desconto promocional e na saída eles dão quatro bombons da fruta em vez de dois.........” “Amo chocolate (longa pausa). Faço aniversário hoje, você sabia? Minha mulher ficou de fazer uma torta de banana. Ela já chamou o chefe, o professor e o porteiro, mas você é o meu mais importante convidado (a m-i-n-h-a mulher, que pensa em termos culturais até dormindo, resmungou algo como “primavera... Virgem ou Libra?” e continuou nos braços de Morfeu, o único ser que aceito como parceiro no casamento).........” “Você nem parece um advogado poliglota. E antes de casar se dizia abstêmio convicto!!!” Fiquei literalmente assustado. Aquilo ainda rendeu mais de meia hora. Um gritava, outro ia pouco além de um remoto resmungo. Começaram palavrões de outras casas, alguém jogou um balde com água, eles revidaram xingamentos e foram embora. Tive um pesadelo absurdo. A única pessoa com quem divido a casa me chamando de ‘quase’ traidor e ameaçando com faca serrilhada que corta embutidos congelados ou três meses de cinto da castidade se EU não comesse o que ELA arrumara na mesa da cozinha: bananas de diversos tipos, crua-assada-caramelizada... banana-canoa dentro da casca, por cima calda de canela e leite condensado, bolo invertido com bananas embaixo, tortinha esfarelenta de massa de biscoito, compota, empada com banana e creme branco, pastel com banana e doce de leite, bombom, brigadeiro, sorvete, havia até cachaça, batida colorida, licor e vinho......... (Talvez memória inconsciente, fusão e confusão, tudo junto e misturado, de um restaurante verdadeiro no bairro da Liberdade: muito agradável o rodízio entre banana no arroz, banana com peixe e com carne.) O despertador me salvou de indigestão Quando amanheceu, na tevê a notícia-bomba: 22 de setembro, Dia da Banana!!! BANANA - Minha mulher pesquisou: PROPRIEDADES – Não árvore e sim planta herbácea: “tronco” é um rizoma, isto é, caule subterrâneo, folhas formando o falso tronco. Fruta rica em vitaminas B2, B6, B9, C, carbono, flúor, fósforo, potássio, magnésio e manganês. Principal consumo in natura ou doces/sobremesas e bebidas. Bom acompanhante para refeições, crua ou não. Grande auxiliar clínico. EXPRESSÕES POPULARES – 1-A preço de banana – Muito barato. 2-Dar banana – Gesto obsceno bastante comum na Europa e na América Latinas, indicando de forma desrespeitosa ignorar o que ágüem acabou de dizer ou demonstrar desprezo por algo. 3-Ser um banana – Pessoa sem atitude e posição, sem postura e crivado nos outros, “bonzinho” e cordato no sentido de preferir ignorar pessoa ou fato inconveniente. GREG HEFFLEY – Personagem principal da série “Diário de um banana”, do cartunista norte-americano Jeff Kinney, esboços de criação em 1998 – publicado em “Folhinha”, suplemento do jornal “Folha de São Paulo”. REPÚBLICA (eufemismo de ditadura) DAS BANANAS – Termo pejorativo para um fictício país latino-americano, de política instável, submisso a um país rico, governante corrompido e opressor, economia dependente da exportação de um único produto limitado de recurso, como a... banana. Classes sociais estratificadas: grande e empobrecida classe trabalhadora + plutocracia (elites de negócios, políticos e militares). “Cabbages and Kings”, livro de contos de O. Henry, humorista e cronista estadunidense, 1904 - País fictício “República de Anchuria” / “...that banana republic... MUSICOLOGIA – Música americana “Yes, we no have bananas”, 1923 – nossa resposta (demorou, hein?): “Yes! Nós temos banana”, de JOÃO BRAGA DE BARRO, o BRAGUINHA, e ALBERTO RIBEIRO, gravada por ALMIRANTE em 1937, grande sucesso no carnaval do ano seguinte; muito cantada por CARMEM MIRANDA; gravação por CAETANO VELOSO em 1968. / Outra canção citando banana: “Chiquita Bacana”, gravada por EMILINHA BORBA para o carnaval de 1949, na Itália por NILLA PIZZI em 1951, bem mais tarde gravada por NEI MATOGROSSO em 1977. F I M
Copyright ATHINGANOI © 2015
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 120 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Gosto de banana - sem exagero, mas gosto. Tenho receitas, quer? Boa estória. Parabéns!

Postado por lucia maria em 17-10-2015

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.