Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio ebook Vigilante

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


A ORIGEM NÃO SAI DE VOCÊ...



					    
Errei a porta, mas a psicóloga (loura!) não me chamou de penetra e até ofereceu cadeira lá na frente... Tudo girou sobre a biografia de poetas e escritores brasileiros. Gravei a palestra e pesquisei depois para escrever. Distribuíram os poemas “Antífona”, “Cristais” e “Cárcere das almas”. CRUZ E SOUZA, poeta simbolista. Nasceu em 1861, Desterro (hoje Floripa, cidade natal da palestrante idosa e morena). Filho de negros escravos e ele mesmo nesta condição ao nascer, posição servil, mas ao início da Guerra do Paraguai, o marechal Guilherme Xavier de Sousa, proprietário-patrão alforriou todo mundo e passaram a cuidar do menino JOÃO DA CRUZ, dando-lhe seu próprio sobrenome SOUSA. Estudou no Liceu Provincial Catarinense: educação refinada. Além das matérias regulares, estudou francês, latim e grego. Em 1882, com Virgílio Várzea, dirigiu um jornal abolicionista, “Tribuna popular” e escreveu crônicas abolicionistas, mas em 1883 preconceito racial o fez sair da cidade natal. Correu várias províncias como ponto e secretário de um teatro ambulante. Nomeado promotor público em Laguna-SC, sem assmir, novamente por preconceito. No Rio, trabalhou na imprensa, grupo simbolista que escrevia no jornal “Folha popular”, porém o melhor salário foi num miserável emprego na Estrada de Ferro Central do Brasil. Em 1893, casou com Gavita Rosa Gonçalves, também negra e tiveram 4 filhos mortos prematuramente (o de vida mais longa aos 17 anos) - mulher enlouqueceu, internada longo tempo. Morreram pai e mãe do poeta. Em 1897, tuberculoso e pobre, foi para a cidade mineira de Sítio, falecendo em 1898 - corpo transferido para o Rio fora de esquife, num vagão de... animais. Logo, dissolução do grupo de simbolistas. ----- A figura mais importante do nosso Simbolismo. Apenas dois volumes publicados em vida, 1893: “Missal” (prosa poética) e “Broquéis” (poemas, inaugural do simbolismo brasileiro) - ecos baudelairianos e mallarmaicos. Três volumes póstumos de poesias, considerado um dos maiores nomes do Simbolismo universal: Evocações” (poemas em prosa), 1898, “Faróis” e “Últimos sonetos” (coletâneas de poemas) . Além destes, “Tropos e fantasias” (prosa), em parceria com Virgílio Várzea, e “Inéditos e dispersos”, somente publicados em... 1944. Chamado “Dante negro” e “Cisne negro”. Temas gerais da obra: banzo mortal; vida material = restrição do espírito; morte = libertação do espírito, busca do transcendente através da poesia ao lado do sentimento trágico da existência. Do ponto de vista formal, vocábulos em associações de concreto e abstrato (sugere analogias e correspondências), muita musicalidade (uso constante de aliterações), metrificação cuidada, apego às formas fixas, principalmente soneto, culto da sinérese e da sinestesia, repetições de efeito melódico e obsessão pela cor branca. Evolução importante, abandono do subjetivismo e a angústia inicial, quando falava da dor e do desespero/sofrimento do homem negro, evoluindo para sofrimento e angústia do ser humano universal. Sempre presente a sublimação, anulação da matéria para a liberação do espírito. Maiúsculas valorizando as idéias e uma angústia sexual profunda. ----- Menos oportunidades em jornais e revista, espaço preferencial para parnasianos aceitos pelo público, linguagem repleta de adornos. F I M
Copyright ATHINGANOI © 2017
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 47 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Se vacilarmos, inimigo com fantasia de pseudo amigo pode até elogiar falso, adular em qualquer sentido da vida, mas sempre nos acusando origem. Sou braba! LUTAR E VENCER SEMPRE! Parabéns!

Postado por lucia maria em 14-02-2017

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.