Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio Autores & Leitores

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


DIFERENÇA ENTRE OS SEXOS-PARTE II



					    
CARTUM - “Gatão de Meia-Idade”, protagonista de MIGUEL PAIVA - HOMENS são ‘auto centrados” (gravura - ELE ao volante de um carro) / MULHERES são “shopping centradas” (ELA de costas entrando num shopping). Bom, EU tenho um AMIGO, gênero e caráter masculino, que nunca se interessou pelo domínio do volante. Era bem jovem quando uma namoradinha se ofereceu para ensinar e falou sobre os primeiros movimentos. Imaginem, três pessoas lado a lado no banco da frente. O primo dela estava junto, ofendeu- se, com o ombro empurrou a garota que perdeu a direção e bateu de leve no muro de uma casa. Numa segunda ocasião, um amigo do curso de japonês aparecia em casa dele aos sábados e lanchava, até que dia resolveu “retribuir”, oferecendo aulas de direção; perfeitamente desinteressado, em um minuto ELE conseguiu sair em marcha à ré. Terceira vez, outro amigo... sábado... lanche... “retribuição”. Meu AMIGO não queria, o cara teimou, deu rápidas explicações, ELE atropelou uma arvorezinha em crescimento, do tipo que fica cercada com tiras de madeira. Desistiu de vez, ou melhor, as pessoas desistiram dele; alegou falta de vocação, só anda de ônibus ou táxi. Conversa com muita gente e não sente o que ELE chama “a síndrome do motorista solitário”. Minha AMIGA há anos passados usava um aeroporto perto do centro da cidade que reunia cabines telefônicas, agência de correio, banca de jornais e revistas, farmácia, lanchonete-sorveteria e banheiros. Entrou pela primeira vez num “por engano”. Após três anos de ausência, encontrou um amigo que a chamou para lancharem......... (algo com o som de) ch...p... Muitas buzinas na rua, teve dúvidas sobre o que ELE dissera, entendeu convite para um chopp. ELA jamais nega entender alguma coisa, dribla uma resposta com ‘mil’ conotações, lembra at´q hoje que respondeu: “Você é quem sabe...” Era um shopping recém-inaugurado, fez um gesto feminino de “estou-acostumada-a-vir- aqui”, não gostou, o cara não percebeu, tomaram mesmo foi um suco de laranja. A vida mudou, ELA mudou trajetos, deixou de freqüentar o aeroporto; shopping agora é comum... O celular popularizou-se e há muitos outroslugares para comer-beber. Raramente vai a shopping: alega falta de tempo Gosta mesmo é do ar livre das ruas, calçadões comerciais de onde volta cheia de pacotes. Nada de ar condicionado, corredores apertados. Estas duas pessoas não se enquadram na filosofia do CARTUM. FONTE: CARTUM - Rio, jornal O GLOBO, 25/11/12. F I M
Copyright ATHINGANOI © 2017
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 26 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Se há Diferenças II, aguardamos o I... para podermos pensar. Parabéns!

Postado por lucia maria em 27-08-2017

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.