Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio ebook Vigilante

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


FILTRO DE AMOR



					    
Esperanças de ANO NOVO: calendário em 1 de janeiro e logo depois em 19 de março para magos e cabalistas, dia de Saint Germain, Conde de Saint Germain, misteroso homem de muitas lendárias reencarnações, véspera de ÁRIES. Lojas de artigos esotéricos entregando folhetos gratuitos... A imagem medieval da BRUXA (na verdade, as mulheres da época eram donas da sabedoria: fervedura de ervas e pelo menos relativas curas de doenças mais suaves....) está ainda hoje ligada ao caldeirão e às poções mágicas, Palavra ‘poção’, do latim “potare”; beber - chás, o lado mítico ficando por conta de pedras ou cristais e mais outros ingredientes. // Nos tais folhetos, receitas no duplo sentido de inaugurar o ano e também filtros mágicos de amor: “Preparar numa sexta-feira, dia de Vênus-latina ou Afrodite-grega (deusa do amor e da beleza), lua cheia em Touro (para o amor) ou em Balança (para o sexo); portanto impossível fixar data marcada. 1 - Vinho tinto (representação de sangue) e 8 (natureza estranha e mística do destino, ‘o que tem que ser feito’) sementes de cardamomo, esmagadas obrigatoriamente com o almofariz tradicional, ou seja, a tigela e o pilão, ambos de madeira. Deixar ao relento, sob a bênção de Mãe Lua, recolhendo antes do sol nascer. Aqui, fusão de povos árabe e cigano. (Reparem, caros leitores, na palavra ‘almofariz’ o elemento ‘al-‘, artigo definido ‘o’ no idioma árabe, como em albatroz, aletria e alface.) 2 - Água (fonte da vida), pétalas de rosa (símbolo de amor e desejo) de jardim (do mercado das flores tem menor intimidade), mel (doçura, fecundação, riqueza) e canela em pau (sabedoria e é afrodisíaca). 3 - Vinho tinto, mel, folhas de alecrim (contra o mau- olhado), 13 (transformação, renascomento), sementes de erva-doce (contra olho-grande e provoca harmonia e paz), 2 trevos (equilíbrio, criatividade) e 3 folhas de gerânio rosa (‘o caminho ou a pessoa que escolhi e prefiro’). // ELA selecionou a primeia receita, deu ma de alquimista do século XXI, fez gracejo de temperar num caldeirãozinho de ágata azul, isto é, ferro esmaltado e colocou na geladeira. Acontece que desde a infância guardara dois anéis, brindes do ovo de Páscoa, presentes do coelhinho. Geminiana múltipla que faz tudo ao mesmo tempo e não termina coisa alguma, preparava a beberagem e arrumava gaveta com pequenos cofrinhos de bijouterias... Abriu mão sem querer e não viu que caíram no caldeirão um anel de “diamante” e outro de “esmeralda”. // Estava noiva do doutor MARCOS, assinou contrato, lavrado num cartório de São Paulo - capital. ELE, muito mais velho, mas da parte dela um certo entusiasmo sobre um homem culto com três diplomas universitários, fluente “apenas” em quatro idiomas, assim mesmo porque não concluiu o quarto ano de lingua japonesa: não preguiça e sim a mais absoluta falta de tempo. Conheceram-se pela Internet, em sguida meses e meses de longuíssimos e-mails em tempo real 9eliminada a demora de papel-envelope, carteiro na porta), ELE enviou para o futuro sogro, mais moço alguns anos, atestado sério de sanidade física e mental, ELA o aceitou semtemor algum. Convidou-os para os feriados da Semana Santa em casa dele, rua Cornualha. (Ih, ‘corno’, mal índice...) De repente, pai adoeceu com fortíssima gripe e contaminou mulher e filho rapaz - só ELA incólume. Muto estranho, mas foi assim que me passaram a estória para este conto. (Nunca meus dedos cruzados nas costas, EU não invento nada, leitor acredita?) Bagagem da moça para poucos dias?! Bolsa de alças, super frasqueira quadrada e mala... isto porque ama 1-2-3 nos contos de fada e não faz por menos. // MARCOS criara o sobrinho TRISTÃO desde o nascimento - mãe morrera no parto e o pai, seu cunhado, sumira desesperado no mundo. ELE gostava de livros, aventuras de cavaleiros medievais, aprendera a tocar alaúde, flauta e gaita de fole, instrumentos daquela época, e se dizia “guerreiro” e defensor do tio... Viajou certa vez para outro Estado, capital no litoral. Acostumado apenas em piscinas de clube, foi salvo de afogamento no mar por uma moça muito clara (na praia por acaso?), bem loura, gura que muito o impressionou, mas pouco se falaram, ELE envergonhado porque um mulher de aparência frágil e delicada como uma ratinha o salvara. Ah, esse eterno e ridículo machismo! Entretanto, rosto inesquecível. // Recebeu do tio a incumbência de ir ao encontro da futura “tia”, para que esta não viajasse sozinha. Depois do aeroporto, comprou rosas ali mesmo, táxi e coisa e tal. Rua Irlanda. (Vale sempre a pena ver /ou ler?/ de novo!) Reconheceram-se emocionados, por jamais terem esquecido um do outro, o ‘quase’ náufrago, a ‘quase’sereia. Entregou as flores - em agradecimento, a moça buscou inspiração em SHAKESPEARE e repetiu uma frase de JULIETA: “Se a rosa tivesse outro nome, ainda assim teria o mesmo perfume.” ELA se apresentou como ISOLDA e riram juntos pela coincidência dos nomes de memória secular. Havia a prima ISOLDA MARIA, psicóloga, que em minutos se derreteu com ELE, recusada por diversos namorados por ter as mãos muito brancas... Conversa daqui e dali, ELE se revelou nascido em abril e ELA em maio... Calorzão, a prima apenas vsitante (residia em casa próxima, rua Bretanha) perguntou se ELE queria água gelada. Acontece que viu na geladeira o tal vinho temperado, sugeriu trocar água por suco, o rapaz aceitou, esta segurou o caldeirãozinho e a loura, distraída entregou o copo a TRISTÃO. Fosse novo capítulo da distante manhã na praia, efeito do filtro de amor com os anéis ou do cardamomo ritualístico, surgiu em segundos uma paixão avassaladora e incontrolável que logo vraria amor verdadeiro. // Triade fatal, MARCOS / ISOLDA / TRISTÃO. // Aconteceu um milagre. Os voos domésticos se complicaram. Aeroporto lotado, painéis e pessoas em informações desencontradas, grande tumulto. Passagens compradas certinhas, mas não conseguiram lugares no primeiro avião, idem no segundo, idem no terceiro - eterno mítico 1-2-3. Horas conversando, horas se olhando, horas mão na mão, corações uníssonos. “Só amanhã...” Passageiros teriam direito a refeições consoladoras e pernoite num bom hotel; casal tentado, porém dispensaram. Voltaram para casa e ELE passou com ELA as folgas de feriado. Telefonou; como advogado, ELE teria argumentos sólidos-sadios- válidos para anular o tal ‘contrato de noivado’, argumento tradicional desde os juristas da Roma Antiga, époa ainda arcaica, 753aC, depois a Lei das Doze Tábuas, “Lex Duodecim “Tabularum”, 449aC - “Erro de pessoa.” Burla de boa fé objetiva, teoria de “confiança apenas à distância”, nenhuma junção carnal, noivado sob ameaça (coação), má qualidade da mercadoria (o tio) etc. etc. etc. // Tio??? Ajeitou-se muitíssimo fácil. Não caiu nascalendas gregas nem fiu vítima de ostracismo porque ISOLDA MARIA , piedosa senhorita das mãos brancas, arrumou sensualíssimas luvas de renda preta, desejou conhecer o Viaduto do Chá, o Museu da Língua Portugesa e o bairro da Liberdade (duplíssimo sentido!), viajou ao encontro dele e......................... Todos foram felizes para sempre? Acho que sim! NOTAS DO AUTOR: CARDAMOMO - Árvore originária da Índia e pode atingir 3m de altura, com folhas lanceoladas (forma de lança), flores brancas e frutos com muitas sementes. Usada pelos indianos na culinária, pelos caldeus em rituais e pelos egípcios, romanos e gregos como planta aromática e medicinal, pelos árabes para temperar carneiro e aromatizar café. Na Dinamarca atual, aromatiza o ‘aquavit’, bebida típica do país, amarga e composta de várias ervas. PEDRAS PRECIOSAS - Significados: DIAMANTE, do mês de abril - símbolo tradicional, eternidade do amor, considerada a mais pura das pedras preciosas. ESMERALDA, do mês de maio - a mais valiosa é a verde escura, joia de eterna primavera, inspira ideias criativas durante os sonhos, transmite paciência em quem usa e auda na meditação. ROSA - No latim, ‘rosa’; no grego, ‘rhodon’.. A flor mais antiga do mundo. Fósseis datados de 15 milhões de anos - na Ásia, mais de 5.000 anos. F I M
Copyright ATHINGANOI © 2017
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 22 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Grande capacidade em adaptar "Tristão e Isolda" aos tempos modernos. Adorei. Sugiro futuramente a estória original. Parabéns!

Postado por lucia maria em 08-09-2017

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.