Página inicial do portal Autores & Leitores
Quem  |  Autores  |  Leitores  |  Associados  |  Mural  |  Dúvidas  |  Contato  |     PUBLICAR    |
Entrar | Registrar
 Esqueci minha senha
Anúncio BAC

Área dos LEITORES

Colunistas

Autores Consagrados

Quadrinhos

Bibiotecas Virtuais

Livros

Novos autores

Downloads

Lançamentos

Ofertas

Informações

Autores & Leitores  >  Leitores >  Novos

Apresentação de trabalho publicado

Caro leitor,

Sinta-se à vontade para ler este trabalho e deixar seus comentários.

Bons Textos!




< Visite a Página Pessoal de ATHINGANOI >


REPITO O QUE ME CONTARAM...



					    
BEATS & HIPPIES O movimento BEAT de artistas boêmios, os BEATNIKS, surgiu como semente desde 1948, a seguir anos 50 - rompimento com a sociedade da época, tempo da inicial ‘juventude transviada’.  Entre 1950/1953, guerra da Coreia:  muitas vidas perdidas a favor do nada! ----- O movimento HIPPIE - de maior abrangência e repercussão mundial - surgiu nos States ao meio dos anos 60, Europa de orelhas em pé... - recusa a uma sociedade injusta, hipócrita e consumista.  Jovens de cabelos longos, preferencialmente mal cuidados para chocar a opinião alheia, roupas exóticas e multicoloridas, sandálias rudes ou pés descalços, adotaram o artesanato e a vida em comunidades agrícolas, produzindo o sustento com as próprias mãos.  Outras características foram a continuação do rock dos anos 50 e muitas revoltas estudantis.  Perdida a confiança na sociedade eem que viviam, largaram o mundo das “amarras”.  Num tempo recorde, centenas de comunidades, originalmente nos países da América do Norte, logo em seguida pelo mundo todo.    PEACE AND LOVE era o slogan, ideal seria sem guerra - tempo de Estados Unidos versus Viet Nam:  outras vez vidas perdidas a favor do nada!  - e com muito amor.  Contra as discriminações em geral, inclusive o racismo, o individualismo egoísta, a hipocrisia social, rejeição ao ‘american way life’ em seu acúmulo de bens materiais, descrença nas pessoas mais velhas (ah, os acima de 30!).  A favor da solidariedade e da verdade humanitárias.  Passividade, rosto sereno, passeatas em que distribuíam flores.  FLOWER POWER, outro slogan. ----- Os dois grupos, BEATNIKS e HIPPIES, consumiam drogas e no segundo momento surgiu o LSD, ácido lisérgico negativo da grande aventura, criando o psicodelismo. ----- Na música, os hippies trocaram o tradicional jazz negro pelo rock, nome encurtado de ‘rock and roll’, não se podendo negar nos anos 60 o sucesso internacional dos Beatles e dos Rolling Stones, bandas inglesas, e de Bob Marley, cantor-compositor-guitarrista, tudo isso... e norte-americano.  No Brasil, canções tropicalistas de Gil-Veloso-outros... - nosso particular slogan:  É PROIBIDO PROIBIR (setembro/1968, festival em São Paulo). ----- Triste a síntese de JOHN LENNON (dezembro/1970):  “O sonho acabou...” - frase final da canção “God”.  Aí, recomeçaram a crise econômica, a violenta repressão estudantil e as ditaduras militares no planeta......... HQ- “Dustin”, de STEVE KELLY e JEFF PARKER - Mulher olhando toldo no jardim da casa:  “Esse guarda-sol já teve dias melhores.  Está todo desbotado, puído e cheio de rasgos.  O que acha?”  Marido:  “Poderíamos deixar a Meg (filha) fazer um par de jeans com ele.” ----- Amigo ao computador:   “Helen, estou chateado com a divisão política na América,.”  Helen:  “Concordo, Bob.”  Ele:  “Eu estava pensando... vermelho é a cor da fúria e azul é raiva de resolução.  Então, o que esperamos, certo?”  Ela:  “Hum... certo.”   Ele:  “Talvez se trocarmos para tons pastéis ou cores da terra...”  Helen om cara de decepção. ----- Dustin:  “Minha nova filosofia é viver o momento.  A menos que o momento, você  sabe, seja horrível...”  Amiga, colherada de alimento verde:  “Funciona pra mim.’ ----- Dustin, jovem, se exibindo:  “Sinto muito mas o que há com o departamento de trânsito?”  Funcionário:  “O que deseja, senhor?”  Ele:  “Onde está o respeito pelo tempo das pessoas?  Eu ainda tenho lugares para estar... uma agenda para seguir...”  Funcionário:  “O senhor teria de ter feito um agendamento!”  Ele:  “Para um rápido atendimento?  (Em segredo agora.)  Acordei tarde!” LEIAM meus trabalhos “Geração(-ões) rebelde(-s) - I, II e III” e “Projeto mala única”. FONTE: Fragmento de um texto de AVELINO  ANTÔNIO CORREA, professor de filosofia, num recorte antigo de livro didático. FIM
Copyright ATHINGANOI © 2017
Todos os direitos reservados.
Este trabalho já foi visitado 9 vezes.

ENVIE este trabalho para um(a) amigo(a). ESCREVA para ATHINGANOI.

Comentários dos leitores

Esses foram os movimentos da liberdade, ainda bem - flor e amor, com responsabilidade. Boa pesquisa. Parabéns!

Postado por lucia maria em 05-11-2017

Esses foram os movimentos da liberdade, ainda bem - flor e amor, com responsabilidade. Boa pesquisa. Parabéns!

Postado por lucia maria em 05-11-2017

COMENTE ESTE TRABALHO, DIZENDO QUAL FOI A IMPRESSÃO QUE ELE LHE CAUSOU.





AJUDE-NOS a manter o bom nível deste portal!

Se você achou que este texto é ofensivo, imoral ou que fere
a nossa POLÍTICA DE USO, por favor, AVISE-NOS!




Autores & Leitores
  • Copyright A&L © 2005-2013
  • Todos os direitos reservados.